Franquias Lucrativas » Franquias Baratas » Pequenas Franquias Lucrativas – Lista de Franquias Baratas

Pequenas Franquias Lucrativas – Lista de Franquias Baratas

Com investimento de R$ 10.000, é possível abrir pequenas franquias. Mas é preciso estar atento à evolução dos negócios.

Nos últimos anos, o aumento da capacidade financeira da classe média tem fomentado o surgimento de pequenas franquias. Muitas famílias reúnem suas economias e abrem um negócio próprio com toda a infraestrutura – identidade visual, propaganda e material de divulgação, apoio logístico (formação de estoques, compras, etc.) –, além de consultorias para orientar sobre questões de gestão (RH, contabilidade, etc.).

Pequenas Franquias Lucrativas

Pequenas Franquias

Outras pessoas, mais audaciosas, abrem mão do emprego com carteira assinada para se dedicar integralmente a pequenas franquias. Nestes casos, é importante avaliar muito bem o perfil, já que ser seu próprio chefe exige características como liderança, capacidade para resolver conflitos, bom relacionamento interpessoal e muito, muito trabalho.

Com um investimento inicial entre R$ 10.000 e R$ 50.000, é possível abrir um negócio rentável, inclusive sem necessidade de local físico para atendimento – o franqueado pode trabalhar em casa ou atender em domicílio – com menos riscos para o empreendedor: os serviços e produtos já estão desenvolvidos e são conhecidos pelos consumidores – são marcas preexistentes no mercado – e o franqueador fornece apoio para a gestão (com consultorias e treinamentos).

Pequenas Franquias

Por outro lado, nas pequenas franquias (aliás, nas de qualquer porte), a ação do empresário é limitada. Não é possível agregar novos produtos além dos permitidos em contrato, nem é possível alterar o visual do ponto de venda. O franqueador acompanha a instalação (com reformas do imóvel, instalação de móveis e equipamentos, etc.) e segue acompanhando a observação do manual de franquia.

Numa pequena empresa, o empresário tem liberdade para escolher o local de instalação, os produtos e serviços que serão oferecidos (inclusive criando e testando novas marcas) e as formas de divulgação. No entanto, é preciso conhecimento do mercado, grande disponibilidade financeira até que a empresa se fixe entre a clientela e experiência para resistir a todos os riscos da concorrência.

A reserva de capital para se manter até que haja retorno financeiro é necessária também nas franquias. Franqueados, na maioria dos casos, ainda precisam pagar royalties e taxa de propaganda. Mas o investimento mensal é bem menor nestes casos.

Franquias pequenas

Por Onde Começar no Ramo de Franquias

Em primeiro lugar, é preciso escolher a área de atuação: alimentos (fast food, entrega em domicílio, quiosque em praça de alimentação), beleza e bem-estar (academia, massagens, depilação, ioga e meditação), perfumaria, educação, entretenimento, informática, limpeza e conservação, reparos automotivos, livraria, decoração, vestuário e turismo são alguns dos segmentos em que é possível encontrar pequenas franquias.

O segundo passo é verificar as opções disponíveis na região em que se pretende empreender (basta uma pesquisa rápida na internet, para em seguida se aprofundar sobre as características da franquia). É muito importante estabelecer um plano de negócios, já que, mesmo que o investimento inicial seja baixo, é preciso pensar no investimento para instalação e nos custos fixos mensais (taxa de franquia, capital de giro para pagamento de salários, insumos, etc.).

A previsão de retorno do investimento precisa ser levada em conta. Pequenas franquias, em alguns casos, podem levar mais de três anos para começar a gerar lucro líquido.

2 comments

  1. Parabéns pelo ótimo artigo sobre franquias baratas.

  2. andrea dos santos azevedo

    gostaria de ser um franqueado ciagurt

Responder

Seu email não será divulgado. Obrigatório preencher *

*