Franquias de Alimentos – As Melhores e Mais Baratas

As franquias de alimentos são as mais indicadas para quem busca por alta lucratividade nos negócios. Afinal, o ramo da alimentação mantém-se aquecido por todo o ano: diariamente, milhões de pessoas fazem suas refeições fora de casa – desde lanches e pratos rápidos à refeições completas – seja em meio ao comércio popular ou dentro dos shoppings.

De acordo com pesquisas realizadas, já são mais de 250 mil franquias de alimentos distribuídas pelo país, sendo que só em 2011 mais de 20 mil foram inauguradas. Tais dados comprovam o sucesso de negócio e aguçam ainda mais a vontade de quem pretende entrar neste ramo.

Se você deseja se tornar um empresário do setor de franquias de alimentos, selecionamos neste artigo algumas informações importantes. Saiba como abrir uma franquia de alimentos, analisando as melhores oportunidades e definindo quais se adequam ao seu perfil pessoal.

franquias de alimentos

Quais as Franquias de Alimentos que Mais Crescem?

De acordo com pesquisa realizada pela ABF (Associação Brasileira de Franchising), os modelos de negócio que mais crescem quando se fala em franquia de alimentos são as redes de bares, restaurantes e pizzarias. Portanto, quem quer prosperar neste segmento, deve dar preferência a estas modalidades.

Quanto às marcas, podemos destacar as seguintes como as mais rentáveis do segmento:

  • Salomé Bar: Fundada em 2005, na cidade de Sorocaba (SP), a empresa trabalha o conceito de “bar boteco”. Com investimento de até 445 mil, oferece fatura mensal médio de 115 mil, com retorno de 24 a 36 meses.
  • Água Doce Cachaçaria: Com um investimento que varia de 365 a 975 mil, a Água Doce Cacharia é a maior rede de cachaçarias do mundo e investe no estilo de restaurantes com comidas e bebidas típicas do Brasil.
  • O Pedaço da Pizza: Já O Pedaço da Pizza aposta em uma forma diferenciada de servir pizzas. Disponibiliza pedaços ao invés de pizzas inteiras. A rede já ganhou diversos prêmios, incluindo premiações da Veja SP e do Jornal The New York Times. O investimento inicial é de 250 mil, com retorno entre 24 e 36 meses.

Franquias de Alimentos Baratas

Outro empecilho que assola os futuros franqueados do segmento alimentício são os altos valores das franquias. Porém, existem dezenas de opções de franquias de alimentos baratas, as quais oferecem ume excelente lucro bruto mensal. Nestes casos, como a maior parte das franquias são relativamente novas, é interessante analisar a cadeia de fornecedores, além de ter a certeza de que haverá um número satisfatório de consumidores.

Dentre as opções de franquias de alimentos baratas, podemos citar:

  • Casa da Empada: Salgados e bebidas – R$50.000 + taxa de franquia de R$15.000.
  • Espetinhos Mini: Espetinhos assados e bebidas – R$25.000 + taxa de franquia de R$15.000 a R$50.000.
  • Bello Pastel Express: Pasteis, salgados e bebidas – R$190.000 + taxa de franquia de R$40.000.

Principais Franquias de Alimentos de Sucesso

As principais franquias de alimentos, além de serem as mais rentáveis, são também as que possuem os mais altos investimentos. Se você tiver capital o bastante para investir e um grande negócio, confira abaixo quais as principais do segmento:

  • MC Donald’s: Abrir uma franquia da maior rede de fast-food do mundo não é uma tarefa fácil. Além de investir mais de 1 milhão de reais, dependendo do tamanho da loja, a rede precisa aprovar o local da instalação, bem como conhecer a fundo o candidato a franqueado. O processo de análise cadastral é meticuloso.

  • Bob’s: O investimento inicial para abrir uma franquia do Bob’s vai de R$330.000 a R$1.380.000. O faturamento médio gira em torno de R$150.000 e o retorno do capital inicial investimento é obtido entre 36 e 48 meses.
  • Subway: Para abrir uma franquia do Subway, o investimento inicial é acima de R$250.000. Porém, os valores exatos não são disponibilizados pela rede.

Franquia Rei do Mate também vale a pena ficar de olho! Nos últimos anos a marca cresceu muito e já está em quase em todos os estados do Brasil.

Utilize as nossas informações e inicie o planejamento para abertura de sua franquia de alimentos. Torne-se mais empreendedor neste ramo altamente promissor!

+ Confira também: Qual a Melhor Microfranquia de 2013

Que Cuidados Você Deve Ter ao Escolher uma Franquia

A vantagem é começar o negócio com uma marca reconhecida, mas é preciso tomar alguns cuidados ao escolher uma franquia.

Ser seu próprio chefe, contar com um amplo plano de marketing, representar um nome reconhecido no mercado. São muitos os benefícios de escolher uma franquia para começar a empreender, mas são necessários muitos cuidados; o primeiro deles é fazer uma autoanálise corajosa: identificar as próprias qualidades como líder, gestor de pessoal, a capacidade para lidar com fornecedores e credores, de explorar os recursos da internet para divulgar o negócio e, principalmente, a poupança necessária para sobreviver – e pagar as contas – pelo tempo necessário até que a franquia comece a dar retorno financeiro.

escolher franquia

Identificar-se com o negócio em que vai trabalhar também é importante. Existem opções para todos os gostos: Igui (piscinas), Poderoso Timão (material esportivo, identificado com o Corinthians), D’pil (cuidados estéticos em domicílio), Casa do Sorvete Jundiá e Pink Biju (acessórios pessoais) são exemplos de franquias que cresceram mais de 300% nos últimos cinco anos.

+ Confira também: Franquias de até R$10.000

Quem gosta do que faz no dia a dia profissional tem mais possibilidades de atingir o sucesso. A pesquisa é fundamental. Sites como “Pequenas Empresas, Grandes Negócios” (www.revistapegn.globo.com), “Exame” (www.exame.abril.com.br) e o nosso site Franquias Baratas reúnem informações sobre mais de cem franquias, com suas vantagens e desvantagens.

Depois de escolher as principais opções, é importante avaliar os sites das franqueadoras, verificar se elas são associadas à Associação Brasileira de Franchising (ABF: site www.portaldofranchising.com.br) e também conversar com franqueados para confirmar os dados (conheça pessoalmente lojas em horários diferentes, especialmente as piloto, uma espécie de vitrine das franquias), a capacidade financeira e o histórico da franquia antes de fechar o negócio.

franquias negócios

Na hora de dimensionar o negócio, é fundamental identificar os valores envolvidos na nova empresa: taxa de franquia, royalties, COF (circular de oferta de franquias, que estabelece todas as condições do negócio), investimento inicial, prazo de retorno, taxa de propaganda e território da franquia devem ser muito bem estudados, para que o projeto tenha condições de sobrevida.

Isto é importante não apenas para o empreendedor, mas também para o pessoal a ser empregado: 52% das vagas de trabalho são disponibilizadas pelas micro e pequenas empresas, número que demonstra a responsabilidade social que recai sobre os novos empreendedores. Existem escritórios de advocacia especializados em analisar estes negócios: este é mais um dos investimentos necessários, que deve ser somado ao de contadores.

Também é importante identificar o potencial da região em que a franquia será instalada. Lanchonetes, por exemplo, costumam dar bons resultados quando instaladas próximo a escolas e centros de comércio, mas certamente apresentarão um retorno ruim se o local estiver saturado com serviços de alimentação.

Com tudo em ordem, abra o negócio, procure assessoria e comece a trabalhar. Não se esqueça: é preciso investir dinheiro e muito tempo para abrir uma franquia.